Buscar

Redução de custos e aumento de produtividade através do retrofit da iluminação para LED.

Neste artigo falaremos de como um bom projeto de retrofit utilizando iluminação LED pode contribuir para redução de custos e ainda melhorar o ambiente de trabalho de sua empresa, favorecendo o aumento da produtividade de seus colaboradores.



Retrofit da iluminação, o que é?

Muito se houve falar em retrofit, mas o que isto é exatamente? Retrofit é o processo de modernização ou substituição de um equipamento ou sistema que esteja ultrapassado ou tenha perdido sua capacidade de entregar o resultado pela qual foi projetado. No retrofit da iluminação com uso de tecnologia LED substitui-se lâmpadas e luminárias convencionais afim de se modernizar o sistema, reduzindo custos de consumo de energia elétrica e também melhorando o ambiente de trabalho através da adequação aos níveis de iluminância ideais para execução das atividades. Sendo assim, um bom projeto de retorfit é aquele que através de estudos e simulações luminotécnicas:


1) Proporciona a maior redução de custos com energia possível;

2) E restabelece as condições lumínicas necessárias para realização das atividades.


Redução de custos


Os sistemas de iluminação LED possuem algumas características particulares e que lhe conferem um maior eficiência se comparada as outras tecnologias, sendo as principais:


1) Maior eficiência: Isto é, a relação entre a entrega de luz e o consumo de energia (lm/W) é a mais alta entre as tecnologias, isto porque um sistema de iluminação LED é capaz de converter até 40% da energia elétrica consumida em luz enquanto a tecnologia das lâmpadas fluorescentes (mais eficientes até então) por exemplo, apenas converte algo em torno de 18%.

Eficiência energética - Tecnlogias

2) Aproveitamento luminoso: As lâmpadas convencionais, devido aos aspecto construtivo geralmente emitem luz em 360º gerando muitas perdas e que são compensadas pelo uso de maior quantidade de lâmpadas ou luminárias ou por uso de um sistemas de maior potência. Já as lâmpadas de LED possuem maior controle óptico, o que nos permite direcionar a luz para a área que se deseja iluminar sem gerar perdas.


Aproveitamento luminoso

Como se pode notar as características construtivas da tecnologia LED contribuem e muito para se atender ao primeiro requisito de um bom projeto de retrofit de iluminação, que é proporcionar a maior redução de custo possível, porém além disso é extremamente importante que a "luz" seja dimensionada na justa medida, isto é, recomenda-se que um projeto ou simulação luminotécnica seja realizado afim de otimizar as quantidade de sistemas de iluminação, desta forma é possível se obter uma economia mensal de até 70% em relação ao consumo de energia existente e o payback ou retorno de investimento (ROI) na maioria dos casos será de 12 a 18 meses.


Aumento da Produtividade

O rendimento de um trabalhador seja em um escritório ou em uma indústria está relacionado ao seu bem estar naquele ambiente. Estima-se que 85% das informações recebidas por uma pessoa está relacionado a percepção visual. O desenvolvimento de atividades laborais em locais com iluminação inadequada podem causar fadiga, dores de cabeça e baixo índice de concentração tendo como consequência um baixo rendimento ou eficiência do trabalhador e mais grave ainda, um aumento nos índices de acidentes ou afastamento do trabalho. Um estudo recente realizado pela Philips em conjunto com a universidade da cidade de Londres, identificou que em um ambiente fabril de montagem manual de equipamento eletrônicos que possuía ambiente com iluminação inadequada e foi readequado, obteve-se 4,5% de acréscimo na produtividade o que realmente é expressivo, uma vez que estamos em um cenário onde várias empresas chegam a investir milhões de reais em programas de melhoria contínua e novos maquinários em busca de números na ordem de 1 a 2% de ganho.

Em projetos de retrofit de iluminação, geralmente estamos falando de instalações com mais de 5 anos de utilização e em muitas das vezes com as condições lumínicas degradadas, seja por existência de sistemas de iluminação fora da vida útil ou por estarem com um projeto defasado. Com o uso da tecnologia LED e com o auxilio de softwares de simulação tais como Dialux ® é possível projetar a luz ideal para cada ambiente de trabalho considerando quais e como as tarefas são realizadas. Os principais aspectos que devem ser considerados no projetos são:


1) Temperatura de cor [K]: É a grandeza que indica a aparência da luz emitida por uma fonte luminosa. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais azulada é a tonalidade da luz emitida. Para cada tipo de ambiente recomenda-se uma temperatura. Locais onde as pessoas usam para relaxar ou descansar indica-se o uso das lâmpadas de temperatura quente até 3000K, para escritórios ou locais onde são realizadas tarefas que exigem atenção e concentração, recomenda-se as temperaturas neutras entre 4000 e 5000K (que é a temperatura que mais se aproxima da luz natural), já para ambientes geralmente fabris onde a tarefa perdominante é manual ou exige muita movimentação utiliza-se temperaturas frias entre 5700 e 6000K.


2) Índice de reprodução da cor [IRC]: Este índice quantifica a fidelidade com que as cores são reproduzidas sob uma determinada fonte de luz. A capacidade da lâmpada reproduzir bem as cores (IRC ou CRI) independe de sua temperatura de cor (K).



3) Ofuscamento: Ocorre quando uma parte do campo visual possui mais luz do que o sistema visual do ser humano pode se adaptar. O ofuscamento que interfere na capacidade visual é chamado de ofuscamento desabilitador e tem efeito imediato, já o ofuscamento que causa maior impacto na tarefa que inclusive é o especificado na NBR ISO CIE 8995:1 é o ofuscamento desconfortável, que ao longo do dia causa irritação, distração e está relacionada a fadiga visual, em longos prazos pode trazer danos irreversível aos olhos.


4)Iluminância na área de trabalho (Em): Trata-se da quantidade média de luz em determinada área de trabalho e possui um valor para cada tipo de atividade, conforme especificado na NBR ISO CIE 8995:1.

5) Uniformidade: Como o próprio nome já diz trata-se do quão uniforme a luz está distribuída em determinada área de trabalho, essa grandeza que também está especificada na NBR ISO CIE 8995:1 tem por objetivo garantir que a relação entre o valor máximo da iluminância e a média em determinada área de trabalho seja adequada para a tarefa realizada.


Se todos estes aspectos forem considerados de maneira adequada no projeto, certamente o segundo requisito de um bom projeto de retrofit que é restabelece as condições lumínicas necessárias para realização das atividades será atendido.


O profissional de iluminação - Lighting designer

Lighting designer é como são chamados os profissionais especializados em iluminação, estes possuem a capacitação e o conhecimento necessário para especificar, baseados nas características e particularidade de cada cliente quais e quantos são os sistemas de iluminação adequados a suas necessidades. Nós da AEG Engenharia possuímos uma equipe de profissionais altamente capacitados e contamos com parceiros que são os melhores na área de iluminação, estamos prontos para lhe atender e lhe fornecer uma solução de retrofit da iluminação que seja aderente a sua necessidade. Está interessado em conseguir estes resultados em sua empresa? entre contato conosco e solicite uma visita.

0 visualização

AEG Engenharia 2018

logo_pt_100_192-64-288.png
  • LinkedIn - círculo cinza